Facebook ADCE - RS Faça parte de nossas Redes Sociais:
picture

Página Inicial > Institucional > Política de Sustentabilidade

A Sociedade Sustentável a partir da atuação da ADCE

Para ADCE a base da Sociedade Sustentável está na inspiração e aplicação do conjunto de Princípios e Valores da Doutrina Social da Igreja, que são princípios universais, alicerçados na Verdade, na Justiça, na Liberdade e no Amor. Portanto, uma atuação eficaz e permanente da ADCE-RS é determinante para a construção da sociedade que desejamos. Neste sentido, a ADCE identifica sua atuação nos seguintes âmbitos:

 - Regional: atuando na Conscientização para prática da Cidadania e Conduta Ética; na complementação da Formação Educacional de dirigentes e profissionais de empresa com os conceitos e práticas da Doutrina Social da igreja; no posicionamento e promoção de debates a cerca de temas voltados para a construção da sociedade sustentável; na articulação com demais agentes da sociedade para estudo e solução de questões relevantes da sociedade e na promoção, reconhecimento e divulgação de práticas sustentáveis.

 - Âmbito Nacional e Internacional: Na Formulação de Políticas e Estratégias para a difusão e prática da Doutrina Social da Igreja e dos conceitos de Sustentabilidade nas atividades empresariais do Brasil e do Mundo; e, no intercâmbio de conhecimento e melhores práticas com as demais associações empresariais.

O Dirigente Cristão está presente em todos os ambientes da sociedade

A ADCE-RS é uma congregação de dirigentes e profissionais de empresa e lideranças presentes em todos ambientes da sociedade, portanto, é através destes que realiza sua Missão e Objetivos. Sendo naturalmente uma referência e líder na sociedade, o Líder Cristão torna-se responsável pela construção da Sociedade Sustentável a partir de suas decisões, práticas e exemplo, respeitando-se seus âmbitos de atuação e perímetros de influência.

 Desta forma, a ADCE-RS orienta e espera de seus membros práticas que se tornem referência, estimulando todo Líder Cristão a assumir seu papel transformador na construção da Sociedade Sustentável.

O Líder Cristão torna-se um exemplo a ser seguido pelo seu Compromisso Público e por sua conduta e práticas baseadas no que é verdadeiro, no que é justo e no que é certo. A atuação empresarial e profissional está voltada para a realização plena de suas responsabilidades, buscando oferecer o máximo de sua capacidade para a geração de riqueza, comprometido com as pessoas e a preservação do meio ambiente.

A Sociedade Sustentável passa pela Ação e Realização do Homem 

 A Sociedade Sustentável é aquela criada pelos homens tendo como base os princípios e valores que levam à Verdade, à Justiça, à Liberdade, à Caridade, à Preservação da Vida e à Dignidade Humana, orientando a ação e participação de todos para o desenvolvimento, tendo no centro a plena realização do homem: material, social, intelectual e transcendental, observando a responsabilidade com o desenvolvimento econômico acompanhado pelo desenvolvimento social, ambiental, cultural e espiritual; promovendo uma sociedade que:

- Fortaleça os valores e a conduta ética;

- Tenha no Ser Humano a origem e fim de todas as coisas;

- Incentive e valorize a geração e partilha de riquezas, respeitando o equilíbrio natural e as demais formas de vida;

- Incentive a Paz através da equidade, justiça e oportunidades para todos;

- Tenha no meio ambiente um meio de vida para si, para a sociedade e para a vida em Deus;

- Veja em todo homem a imagem e semelhança de Deus.

 E, portanto, uma sociedade que privilegie as atitudes de Amor ao próximo e Amor a Deus, tornando-se uma verdadeira Sociedade do Amor.

A Sustentabilidade possui uma abrangência Multidimensional

A sustentabilidade é um conceito que possui uma abrangência multidimensional, incluindo no seu contexto, simultaneamente, os temas relacionados ao desenvolvimento econômico, social, ambiental, cultural, político e espiritual. Esta abrangência é decorrente da íntima relação que a sustentabilidade possui com a natureza e complexidade do Ser Humano, para o qual convergem todas as ações da sociedade.

 Por este motivo, todas as ações, sejam elas, empresariais, pessoais, coletivas, políticas e comunitárias, devem levar em consideração seus diferentes impactos e conseqüências em todas as dimensões da sustentabilidade, visando construir sempre uma sociedade economicamente próspera, socialmente justa, ambientalmente responsável, politicamente estável, fortalecendo a natureza transcendente do Ser Humano.

A Sociedade Sustentável é decorrente do Comprometimento e da Ação de todos agentes sociais

A ADCE-RS traz como contribuição do I° Fórum ADCE para Sustentabilidade propostas que visam promover a ação e comprometimento de todos os agentes da sociedade na construção da Sociedade Sustentável:

Pessoa Humana

Uma sociedade somente poderá ser sustentável se estiver orientada para servir a pessoa humana e garantir a sua dignidade e a preservação da vida. Portanto, é fundamental que todo líder seja um exemplo de conduta ética e assuma o compromisso com a Verdade, a Justiça e a Liberdade, levando estes princípios a todo o seu grupo de interesse.

 Da mesma forma toda a organização, entidade ou instituição deverá estar comprometida com a conduta ética e atuação responsável e sustentável de seus integrantes, parceiros e clientes, estabelecidos formalmente num Código de Conduta. O Ser Humano ético condena e denuncia todo e qualquer ato de corrupção e que viole os direitos humanos.

Atividade Empresarial e Desenvolvimento Econômico

Desenvolvimento Econômico e Sustentabilidade, erroneamente vistos algumas vezes como conflitantes, na verdade são sinérgicos, sendo que não existe uma Sociedade Sustentável que não tenha como premissa a geração de riqueza através do trabalho e criação do homem. Portanto, toda atividade econômica tem como objetivo a geração de riqueza e benefícios, tangíveis e intangíveis para o homem, para a sociedade e para o meio ambiente.

A Geração de Riqueza é uma responsabilidade de todos agentes da sociedade e como conseqüência toda a ação empresarial. Com isso, a ADCE estimula que os resultados da ação empresarial possam ser compartilhados com toda a sociedade, sugerindo aos dirigentes e entidades:

 - Divulgação aberta de seu Compromisso Público da sua atividade empresarial em relação a todo seu grupo de interesse;

- Divulgação aberta do Relatório de Administração e Sustentabilidade decorrentes de suas atividades empresariais, com ênfase à atividade privada e ao setor público.

 A Questão Ambiental e a Universalidade da Natureza

O Meio Ambiente é uma obra da criação e um Bem Universal que foi confiado ao homem para suportar seu desenvolvimento, tornando a relação do homem com o meio ambiente intrinsicamente interdependente. A disponibilidade gratuita dos bens e serviços da natureza traz consigo a obrigação de o homem usá-los com responsabilidade e, ao mesmo tempo, compromete a todos com a partilha, criando para o homem a oportunidade de realizar-se como imagem e semelhança de Deus, relacionar-se com os seus semelhantes e unir-se a Deus na tarefa contínua de criação do mundo.

É importante que ações concretas sejam empregadas por todos visando restabelecer condições harmoniosas da relação entre a atividade humana e a preservação do meio ambiente.

- Políticas Públicas eficientes para garantir a preservação dos Recursos Universais da Natureza, com ênfase na preservação e controle de uso do Aqüífero Guarani no Rio Grande do Sul (RS);

 - Articulação de todos agentes sociais, indivíduo, Estado, atividade privada e terceiro setor para garantir a adequada gestão dos resíduos e sua re-utilização, tornando nosso Estado uma referência em reciclagem e geração de emprego e renda através desta atividade;

 - Estímulo à Pesquisa e Inovação voltadas para programas e iniciativas de alta ecoeficiência, criando, com a participação de todos, um Programa Estadual de Ecoeficiência, com foco em Energias Renováveis, no controle, redução e neutralização da Emissão de CO2 e outros gases do efeito estufa.

O Desenvolvimento Social amplia-se para todas as Dimensões do Homem

O Desenvolvimento Social é construído no alicerce da Paz, Equidade, Justiça e Participação, e para tal, o desenvolvimento social amplia sua dimensão, para além da oferta de oportunidades de emprego e renda, criando em todos o compromisso com a liberdade, com a verdade, com o bem-estar de todos, com o respeito à diversidade cultural, política, social e religiosa.

Numa sociedade sustentável cada pessoa é responsável pelo desenvolvimento de todo o homem e do homem todo. A ADCE-RS e seus Dirigentes Cristãos são importantes agentes políticos na construção da sociedade e, portanto, devem buscar sempre dar uma contribuição positiva às políticas públicas, iniciativas privadas e da sociedade em geral, com foco na promoção do desenvolvimento sustentável.

- O incentivo à atividade voluntária, seja individual, ou na atividade profissional pública ou privada, constitui-se em um capital social disponível com grande capacidade de geração de riqueza, bem-estar para todos e desenvolvimento pessoal.

 - Compromisso da Gestão Pública e do Empresariamento Privado com a erradicação da pobreza, através da geração continua de oportunidades de emprego e renda e da formação e educação para o trabalho.

- Criação de um Instituto de Hospitalidade para formar pessoas para receber visitantes e turistas, pois o turismo é fonte ‘limpa’ na geração de riquezas.

 - Estímulo ao desenvolvimento da agricultura sustentável.

 A Base da mudança Cultural de uma sociedade está na Educação

 A base para transformação de uma sociedade está nos princípios e valores adotados e na educação das pessoas segundo esses mesmos princípios. O papel do líder no processo educacional é de vital importância, tanto pelo exemplo, como pelo tempo que dedica na formação e educação das pessoas que lhe são confiadas. Ao mesmo tempo, as escolas e universidades constituem-se emissores educacionais para a formação pessoal, talvez mais importante na sociedade atual que a própria formação técnica ou profissional.

Não menos importante é promover uma cultura social voltada para uma sociedade que aprende e se desenvolve por si mesma, criando meios para a troca de experiências e vivências entre as pessoas, organizações e instituições. A ADCE-RS sugere as seguintes iniciativas:

 - A formação de lideranças cristãs, leigas e religiosas, unindo ao mesmo tempo os conceitos e práticas de sustentabilidade e os da Doutrina Social da Igreja;

- A adoção da disciplina Desenvolvimento Sustentável nas escolas e universidades;

- A implantação da Coleta Seletiva Obrigatória associada à Educação Ambiental e ao Programa de Reciclagem com geração de renda e emprego, numa iniciativa que envolva todos os agentes da sociedade: cidadão, governo, empresas privadas e terceiro setor.

- A criação, em base legal, do Programa Estadual para Desenvolvimento Sustentável, promovido pelo Governo Estadual e coordenado por uma comissão mista envolvendo todos os agentes da sociedade. Este programa deverá também premiar as melhores iniciativas e práticas do Estado em sustentabilidade.

Finalizando, acreditamos que a Sociedade Sustentável se constrói em cima da liberdade e do direito de escolha de cada um, porém, vem acompanhada da responsabilidade, da participação e retidão de intenções e conduta.

Reafirmamos que a base de valores e princípios sobre os quais se constrói a Sociedade Sustentável passa, necessariamente, pela Verdade, Liberdade, Justiça e pelo compromisso de todos com:

 - Dignidade da Pessoa Humana, onde todos têm o direito de acesso às condições mínimas de sobrevivência e a oportunidades de continuar seu processo de crescimento e realização como ser humano, pela educação, pelo trabalho, pela relação social e pela crescente formação espiritual.

- O Bem Comum e ao Bem Comum Universal onde a ação humana deve privilegiar o benefício de todos e, ao mesmo tempo, a preservação da obra da criação.

- Destinação Universal dos Bens, sendo legítimo o direito à propriedade privada, mas também legítimo o direito e acesso de todos aos bens que a natureza nos oferece e que o homem utiliza para geração de riquezas.

- A prática da Caridade, sustentada pelo espírito fraterno, deve orientar as ações humanas para a partilha e responsabilidade para com a dignidade de todo ser humano, em especial aqueles que vivem em condições de miséria. A Caridade não se esgota somente nas relações materiais entre os homens, mas, desdobra-se nas relações sociais, políticas, ambientais e transcendentais, estimulando o desenvolvimento do Ser Humano em todas as suas dimensões.

 - A Solidariedade como uma virtude moral que está na base do Bem Comum, da Destinação Universal dos Bens, da igualdade entre os homens e da paz no mundo. Cria uma relação de interdependência entre as pessoas, estimula todo Ser humano a firme determinação pelo bem de todos e de cada um, criando uma sociedade de todos e para todos.

- A Subsidiariedade e Participação, pois não se pode falar em dignidade humana sem criar as condições para que cada ser humano possa desenvolver-se em família, numa sociedade livre, em organizações econômicas, políticas e culturais, com liberdade de participação, inteligência e economia no uso dos recursos disponíveis, e com a promoção da unidade e da solidariedade.


www.fas-adce.com.br


Patrocínio:

Apoio: